thumbnail Olá,

Denilson tem sido um dos destaques da equipe no ano, principalmente na Copa do Brasil

Em 2005, ainda com apenas 17 anos, Denilson foi campeão mundial com o São Paulo. Apesar de não ter jogado, o volante estava no Japão com o grupo. No ano seguinte, antes de ir para o Arsenal, ele disputou algumas partidas do Campeonato Brasileiro, que o Tricolor acabaria vencendo.

Desta vez, o camisa 15 são-paulino tem a oportunidade de ser campeão em campo pelo São Paulo. Denilson tem sido um dos destaques da equipe no ano, principalmente na Copa do Brasil. No próximo dia 14 de junho, o Tricolor iniciará a disputa com o Coritiba por uma vaga na grande final da competição nacional.

"Fico feliz com os elogios sobre o meu trabalho. Acredito que isso é o fruto de um trabalho correto, digno, de caráter. É legal também ver os elogios dos companheiros. Talvez seja meu melhor momento desde que voltei. Se for para sair, quero sair com o título, pela porta da frente", ressaltou Denilson.

Por empréstimo no São Paulo, o contrato do jogador acabará no fim do mês. Por diversas vezes, Denilson admitiu o desejo de permanecer e espera que isso possa ser concretizado.

"Sempre mostrei meu desejo de ficar. O São Paulo também está trabalhando como pode para a minha permanência. Isso eu deixo com eles. Já disse a minha vontade. Agora tenho de concentrar ao máximo no meu trabalho para que eu possa ser campeão da Copa do Brasil", completou o atleta.

Enquanto essa situação não se resolve, Denilson segue muito concentrado para levar o São Paulo aos títulos. Ele descarta qualquer favoritismo tricolor diante do Coritiba.

"Vamos encontrar uma equipe muito difícil. Muitas pessoas colocam o São Paulo como finalista, mas temos de ir passo a passo. São dois jogos muito difíceis. Temos de conseguir um bom resultado em casa e ter cautela", concluiu o jogador.

Relacionados