thumbnail Olá,

Diretor de futebol acha que clube encontrará saídas para impasses sobre salários e contratações

Daniel Freitas assumiu, no Vasco, seu primeiro cargo como gestor no futebol, ao assumir como diretor da área no início do ano. A estreia não vem sendo fácil, frente aos problemas enfrentados pelo clube na questão de salários e contratações, capitaneados pela falta de recursos financeiros do Cruz-Maltino.

Apesar das dificuldades, ele se diz contente no cargo, e vê a solução para os problemas ao alcance do Vasco.

"Realmente confio que vai melhorar. É isso que eu venho recebendo da diretoria e confio fielmente que vai melhorar. Na verdade estamos muito próximos de ter essa virada e essa tranquilidade", contou ao Lancenet.

Na próxima semana, o clube deve quitar os dois meses de salários atrasados, revela o dirigente. Depois disso, a prioridade passa a ser renovações, como nos casos de Eder Luis, Fellipe Bastos e Renato Silva.

"Estamos muito esperançosos com um desfecho feliz para o Vasco, para estes jogadores e para a torcida", se limitou a dizer.

Entre a saída de Rodrigo Caetano e a chegada de Franck Martins, Freitas assumiu como diretor-executivo do clube. Ele afirma não ter se sentido desprestigiado com a chegada de um titular para o cargo.

"Não posso dizer que me senti desprestigiado, mas um pouco desconfortável. Mas naquele momento, as minhas funções operacionais iam ser mantidas, e foi nelas que eu me agarrei. Tinha que manter o meu foco e continuar fazendo o que fazia no dia a dia. Eu me concentrei naquilo para me manter na minha função", concluiu.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados