thumbnail Olá,

Atacante alega cifras de R$ 52 milhões; clube repudia existência de dívida

O ex-atacante Romário viveu grande momentos com a camisa do Vasco, mas briga nos bastidores por dívidas que atingem a cifra de R$ 52 milhões. Nessa sexta-feira, a 47ª Vara Cível do Rio de Janeiro decidiu pela penhora das receitas do Vasco para a quitação do débito, situação que o clube contesta.

De acordo com o Globoesporte, o Baixinho alega ter emprestado dinheiro ao Cruz-Maltino durante a gestão Eurico Miranda, embora não existam registros oficiais sobre os valores.

"O Romário cobra essa dívida, mas não estamos preocupados. Ele diz que o Vasco deve a ele, mas ele tem que provar essa dívida. Não tem nenhuma prova na contabilidade do clube dizendo que entrou um empréstimo dele. Ele não pode chegar e dizer que era amiguinho do ex-presidente e, por isso, emprestou dinheiro. Vamos fazer a defesa de maneira natural. Ele que tem que provar que devemos", afirmou o vice-presidente jurídico do Vasco, Aníbal Rouxinol.

"A gente sabe que ele que tem que comprovar que a gente deve. Estamos conscientes de que não há dívida com ele. Não vai haver penhora até que o juiz decida em última instância que ele está certo. O Romário vive às voltas com a questão de pensão para as ex-mulheres. Já está sempre fugindo de penhoras. Não tenho como dizer qual o veredicto que o juiz vai dar, mas esse é um processo que pode se arrastar por anos com um contestando os argumentos do outro."

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados