thumbnail Olá,

Centroavante, porém, não se vê como 'absoluto' no ataque santista

Nas últimas partidas do Santos, Alan Kardec apareceu como titular do comando de ataque da equipe. O jovem comemora a titularidade conquistada, mas afirma que não se vê como 'absoluto' na linha de frente do time da Vila Belmiro.

"Hoje (ser titular) já é uma realidade na minha vida, até pelas oportunidades que recebi nas últimas partidas. Sempre me esforcei para dar meu melhor. As coisas têm aparecido para o bem, e fico muito feliz. Acima de tudo, por estar fazendo parte de um grupo vitorioso. Mas não me vejo como titular absoluto. Todas as peças são importantes para construir esse time. Se o treinador vier a optar por outro atleta, seja o Borges, o Renteria ou outro atacante, é manter a calma e a humildade que sempre existiram. E dar continuidade ao trabalho", afirmou, em declarações publicadas no site Globoesporte.

Kardec ainda exaltou sua experiência na Europa, no Benfica, para adquirir maior consciência tática:

"Na Europa, o aprendizado na parte tática foi muito importante, tal como aprimorar a parte técnica. Além disso, observo muito o jogo dos meus companheiros, mesmo aqueles que atuam em outras posições, porque sei que aquilo vai me acrescentar de alguma maneira. O Benfica costumava jogar com pontas, então ficava atento em como eles jogavam, em como atuava o camisa 10... Se hoje sou capaz de jogar em outras posições, é porque tive a humildade de tentar aprendê-las", concluiu.

Relacionados