thumbnail Olá,

Técnico alviverde fez fortes questionamentos à diretoria, pedindo reforços

Depois das duras críticas de Luiz Felipe Scolari, pedindo reforços à diretoria palmeirense após a classificação do clube às quartas de final da Copa do Brasil, o presidente Arnaldo Tirone respondeu ao treinador, afirmando que o Palmeiras "não é casa da moeda".

"O Palmeiras não é Casa da Moeda e nem Banco Central. Não temos dinheiro assim. Até porque fizemos bons investimentos. Trouxemos Barcos, Wesley, Daniel Carvalho, renovamos com Cicinho, Henrique. A última gestão trouxe Valdívia. Ou seja, não estamos parados", afirmou o dirigente, em declarações publicadas no site Globoesporte.

Tirone reconheceu que o clube não conseguiu contratar todos os jogadores indicados pelo treinador, mas disse que os reforços chegaram com a aprovação do comandante.

"Não conseguimos contratar todos, mas os que vieram foram com o consentimento do Felipão. Neste momento, não podemos colocar a mão no bolso. Mas no Brasileiro, vamos nos reforçar", concluiu.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados