thumbnail Olá,

Atacante ainda revelou que Joel Santana não fala com o grupo de jogadores desde a derrota para o Vasco

A desorganização do Flamengo foi escancarada por um depoimento sincero do atacante Deivid. O jogador reclamou da falta de um diretor presente no dia a dia do grupo de jogadores e revelou que Joel Santana ainda não falou com seus comandados após a eliminação do Campeonato Carioca diante do Vasco.

"Todo clube tem que ter um diretor, até para resolver as situações do centro de treinamento. Lógico que a gente sente falta, passa uma mensagem para presidente. Quando não tem um diretor, tem que passar direto para ela, que tem que resolver um monte de coisas no clube. É o que o grupo pensa. Mas deixamos para a Patricia, ela é ciente disso. Que precisa, precisa. Precisa para ter aquele diálogo, até para a gente ter um comando aqui dentro, conversar, conversa de futebol, o que precisa, para trabalharmos juntos", afirmou o atacante, em declarações publicadas no site Globoesporte.

Enquanto o Fla procura um novo diretor executivo para o futebol, Joel Santana não vem aparecendo nas sessões de treinamento, que são mais físicas desde a derrota para o Vasco. Deivid diz que isso é normal na Europa, mas admite que nunca havia presenciado essa situação no Brasil.

"Ele ainda não conversou com a gente, não tem falado nada. Mas ele vai falar, erros nós tivemos. Na Europa, isso é normal, quem dá o treino é auxiliar. No Brasil, nunca tinha visto isso, mas acho que é por a gente estar treinando a parte física e ele não tem o que fazer em campo. Tenho certeza que lá dentro ele está vendo vídeos", concluiu.

Relacionados