thumbnail Olá,

Tirone garante que o jogador pretende permanecer no Palmeiras

Está tudo resolvido. Pelo menos, essa é a opinião do presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, em relação ao meia Lincoln. O dirigente promete pagar a dívida com o jogador logo. O clube deve cerca de um milhão de euros para ele (cerca de R$ 2,3 milhões). Isso porque, o camisa 99 pagou parte de sua liberação do Galatasaray, em fevereiro de 2010.

– Já está tudo certo. Conversei com ele e acertamos os ponteiros. Vamos equacionar a dívida nos próximos meses. O jogador me disse que não está preocupado com isso e não pensa em sair do Palmeiras – disse o dirigente alviverde.

Após ficar sem jogar por dois meses por conta de problemas musculares e até ser colocado na lista de negociáveis, Lincoln foi utilizado por Felipão nas duas últimas partidas (vitórias contra Linense e Bragantino, ambas por 3 a 0, no Paulistão). Incomocado, o comandante do Verdão até chegou a cobrar uma rápida solução da diretoria em relação à situação do jogador.

Relacionados