thumbnail Olá,

Volker Struth afirmou que motivação do seu cliente ao trocar o Signal Iduna Park pelo Allianz Arena foi exclusivamente esportiva

O empresário de Mario Gotze, Volker Struth, afirmou que a decisão do seu cliente de trocar o Borussia Dortmund pelo Bayern de Munique no meio do ano não teve nada a ver com dinheiro e que, se fosse esse o problema, ele teria ido para o Manchester City.

O jogador balançou a Bundesliga no mês passado quando anunciou que vai se juntar aos bávaros no verão em um negócio e 37 milhões de euros, mas Struth insistiu que a única motivação de Götze foi o desafio.

"Ele está saindo por razões esportivas. Mario tem 20 anos e, nessa idade, todas as suas escolhas são apenas sobre futebol," disse o empresário ao jornal Bild. "Se tivesse sido por dinheiro, ele não teria ido para o Bayern, mas sim para o Manchester City ou outro time na Inglaterra.

"Foi difícil para nós rejeitar ofertas melhores. Acredito que sair do país não teria sido o melhor para ele. Além disso, a Bundesliga está a caminho de se tornar o melhor campeonato do mundo de novo. Posso entender que os torcedores do Dortmund prefiririam que ele tivesse deixado a Alemanha, mas o melhor para o futebol alemão é que ele fique aqui."

Götze está atualmente se recuperando de uma lesão, com objetivo de ficar inteiro de novo a tempo da decisão da Champions League, no dia 26 de maio, contra o seu futuro clube, em Wembley.

Relacionados