thumbnail Olá,

Atacante revela que derrotas da última temporada deixaram técnico mais determinado do que nunca a conquistar títulos

Thomas Muller revelou que a persistência em busca do sucesso no Bayern deixou o técnico Jupp Heynckes ambicioso. Os bávaros terminaram a temporada passada com três vice-campeonatos: na Bundesliga, na Copa da Alemanha e na Liga dos Campeões. Os dois primeiros acabaram nas mãos do Borussia Dortmund, enquanto a competição europeia foi vencida pelo Chelsea, dentro da Allianz Arena.

Para o atacante, os fracassos na temporada passada deixaram Heynckes mais determinado do que nunca para garantir que as mesmas coisas não se repitam neste ano.

"Não é comum ver um treinador de 67 anos trabalhando com tanta paixão. As duas derrotas na Alemanha o deixaram extremamente ambicioso. Ele quer fazer tudo de novo, mas com resultados positivos desta vez. É engraçado observar ele nos treinos. O time está estável e tão bem construído porque nenhum técnico chegou aqui e tentou forçar algo totalmente novo para cima da gente. Não foi preciso reinventar nada," disse Müller ao Spox.

O jogador então foi perguntado sobre quais seriam as qualidades necessárias para um técnico que deseje assumir o controle do Bayern de Munique e citou a boa relação com os jogadores e o respeito mútuo como as mais importantes.

"Ele deve poder trabalhar bem com os jogadores, que é uma qualidade muito importante para treinadores que querem assumir grandes clubes. Ele deve também permitir que todos expressem suas opiniões e incentivar os debates. Deve ser uma honra para qualquer um ser treinador do Bayern," encerrou.

Relacionados