thumbnail Olá,

Segundo diretor-executivo do Bayern, cifras gastas pelo clube francês são incoerentes com o Fair Play financeiro

O diretor-executivo do Bayern de Munique e presidente da Associação Europeia de Clubes, Karl-Heinz Rummenigge, criticou os gastos do Paris Saint-Germain. Rummenigge exige que a UEFA se pronuncie para conter a estratégia agressiva do clube francês na janela de transferências.

"Quando eu ouço o valor do salário de Ibrahimovic tenho dor de estômago. Um ano de salário dele é equivalente a cinco de Javi Martínez", afirmou o dirigente à rede ESPN, usando como comparação o salário pago pelo Bayern ao seu novo contratado.

O alemão também critou o Chelsea e o Manchester City, afirmando que os clubes tem a obrigação de respeitar as regras do Fair-play Financeiro impostas pela entidade.

"Cabe à Uefa assegurar que estes clubes sofram sanções. O PSG não pode gastar 100 milhões de euros por ano durante cinco temporadas, porque não se pode gastar mais do que se ganha", advertiu Rummenigge.

Relacionados