thumbnail Olá,

PFA deve oferecer terapia de controle da raiva ao jogador, que anunciou ter sido sujeito à medida disciplinar interna dos Reds

A mordida de Luis Suárez no zagueiro Branislav Ivanovic não passou em despercebida pela diretoria do Liverpool, que multou o jogador após o incidente ocorrido no clássico entre a equipe e o Chelsea, neste domingo. O próprio atacante anunciou hoje que foi sujeito à medida disciplinar da parte do clube, e que o valor descontado de seus vencimentos será revertido a um fundo de caridade da tragédia de Hillsbrough, ocorrida em 1989.

"Em virtude do meu comportamento inaceitável de ontem [domingo], o clube me multou hoje", escreveu Luisito em seu Twitter.

"Pedi que o dinheiro fosse doado ao Fundo de Apoio aos Familiares de Hilllsbrough, por todo o problema que eu criei para a torcida, e para Ivanovic."

O fato insólito do final de semana não passou despercebido também pela Associação dos Futebolistas Profissionais da Inglaterra (PFA), que acena com a possibilidade de submeter o jogador à terapia para o controle da raiva. Episódios polêmicos como os de domingo são frequentes na carreira do uruguaio, especialmente desde que chegou à Premier League.

"Ninguém duvida de sua habilidade para o futebol. E é por isso que fico tão desapontado, e envergonhado, quando ele se deixa levar dessa forma", disse o presidente da Associação, Gordon Taylor, em entrevista à Press Association.

"Precisamos trabalhar com foco no controle de sua raiva, agora. Treinamos conselheiros neste campo, e agora iremos oferecer os serviços ao Liverpool e ao jogador, para tentar melhorar a situação nesta área."

A Federação Inglesa de Futebol (FA) também não divulgou que tipo de sanção será tomada contra Suárez, mas todos já esperam uma medida disciplinar rígida contra o goleador dos Reds.

Relacionados