thumbnail Olá,

Experiente técnico dos Red Devils revela que após decisão de título emocionante na última temporada, não esperava tamanha vantagem à esta altura do campeonato.

O técnico do Manchester United, Sir Alex Ferguson, revelou sua surpresa com o tamanho da vantagem de sua equipe na liderança da Premier League atualmente.

Na última temporada, os Red Devils perderam o que seria seu vigésimo título inglês para os rivais do Manchester City no saldo de gols da última rodada, e o técnico esperava mais uma batalha árdua pela taça.

Ao contrário das expectativas do comandante de 71 anos, a temporada 2012-2013 tem sido muito fácil para o Manchester na Premier League, e atualmente os líderes tem 15 pontos de vantagem sobre os citizens. Ferguson também revelou que esperava que outras equipes entrassem na corrida pelo campeonato nacional.

"Com o City surgindo como forte candidato nos últimos dois anos, além de Chelsea, Arsenal e Tottenham, você poderia esperar que seria uma decisão bem apertada", afirmou Sir Alex ao Sirius XM.

"Depois da última temporada, o que pusemos na mesa foi: 'Não vamos perder novamente no saldo de gols', porque foi isso que aconteceu", relembrou.

"É claro, melhoramos nesse quesito, mas nem por um minuto imaginei que estaríamos a 15 pontos neste estágio da temporada".

Se o título da Premier League está encaminhado, Alex Ferguson espera terminar a temporada de forma consistente, e admitiu que a pausa para as datas FIFA é motivo de preocupação para ele.

"Todo treinador deste país está rezando para que seus jogadores voltem em forma - essa é a primeira coisa", disse o técnico do United, sobre as possíveis lesões sofridas nos compromissos das seleções nacionais.

"Eles sabem que jogaram na última sexta e atuarão hoje à noite - temos um jogo às 12h30 no sábado, contra o Sunderland, longe de casa. Então saberei logo mais por quanto tempo cada jogador atuou e começo a pensar na formação do time para sábado", explicou Fergie.

"Preciso ter certeza que terei alguma vitalidade no time, porque jogaremos nesse horário sábado e depois na segunda, temos o Chelsea (pelo segundo jogo das quartas de final FA Cup), então é um grande desafio para o nosso elenco. Precisamos ter certeza de mandar a campo os times certos", comentou.

Relacionados