thumbnail Olá,

Técnico diz que teve apenas uma conversa normal com os jogadores e garante que sua relação com o elenco é "fantástica"

O técnico do Chelsea, Rafael Benítez, negou que tenha havido qualquer discussão no vestiário do Chelsea e insistiu que tem uma relação 'fantástica' com seus jogadores.

Apesar das conversas a respeito de um desentendimento durante um papo no treino entre o espanhol e os jogadores veteranos depois da derrota por 2 a o para o Manchester City no domingo, Benítez declarou que tudo não passou de uma reunião de rotina.

Nas últimas semanas, surgiram muitas especulações dando conta de Benítez e John Terry, capitão dos Blues, não se dão nada bem. Diante do City, o zagueiro, mais uma vez, estava no banco de reservas. Apesar de Benítez compreender a decepção de Terry, ele acredita que a forma correta de reintroduzir o jogador na equipe é aos poucos.

"Tivemos uma reunião normal entre jogadores e corpo técnico, que acontece sempre depois dos jogos. É normal conversar, nada demais. Eles mostram suas decepções, eu as minhas, normal.

"Posso compreender a frustração do Terry, um jogador importante para nós que está tentando ajudar e se esforça muito porque quer vencer, mas ele passou 16 semanas lesionado e ainda tem alguns problemas no joelho. Perdeu alguns treinos importantes. Então estamos gerenciando isso. Ele quer vencer, mas temos que coordenador nossos jogadores.

"Tivermos uma troca de ideias muito rápida, e foi isso, nada além. Só uma conversa de time depois de uma derrota. Tivemos uma reunião no campo de treino com meus jogadores, e isso faz parte do meu trabalho," declarou.

Finalmente, sobre sua relação com o elenco, Benítez acrescentou: "É fantástica. Não tenho problema nenhum."

Relacionados