thumbnail Olá,

O técnico Roberto Mancini não poupou ninguém após a derrota do Manchester City nas mãos do Southampton no sábado, por 3 a 1. O resultado deixou o rival United ainda mais líder da Premier League, já que os Vermelhos ampliaram a vantagem na ponta da tabela para 12 pontos, ficando ainda mais perto do título.

Com os Sky Blues também fora da briga pela Champions League, o italiano pediu para seus jogadores assumirem mais responsabilidades pelos fracassos da equipe.

"Qualquer jogador que atue em alto nível deve assumir a responsabilidade, sempre. Nem sempre a culpa é só do treinador", disse na coletiva de imprensa.

"Os jogadores precisam assumir a responsabilidade - se tiverem colhões. Se não, você não pode jogar em uma grande equipe."

Na visão de Mancini, as dificuldades encontradas pelo City na temporada é algo comum a qualquer equipe que tenha chegado ao topo anteriormente. Mas ainda acredita que o clube poderia ter feito mais para se reforçar no meio de 2012.

"Para uma equipe que venceu o título, a FA Cup e o Charity Shield depois de 38 anos, é normal que a temporada seguinte apresente mais dificuldades", continuou.

"Isso provavelmente aconteceu por termos cometidos alguns erros durante o verão e acabamos não melhorando a equipe. Mas agora nós temos bons jogadores e não podemos jogar dessa maneira."

Até o final da temporada, o treinador cobra que seus jogadores dêem o máximo para terminar a Premier League em alta, além de brigar pelos demais campeonatos que estão aí.

"Não, agora não há nada para corrigir o que foi feito lá atrás. Mas precisamos fazer mais a partir de agora. Ainda temos 12 jogos e precisamos somar o maior número de pontos que conseguirmos, temos ainda a FA Cup e o ano ainda não terminou."

"Não quero ver meus jogadores com essa atitude [contra o Southampton]. Quem atua daquela maneira deve ficar em casa, e não no campo."

"Ele jogaram melhor que nós, mereceram vencer. Parabéns a Maurício Pochettino, ao Southampton, mas eu ainda estou muito decepcionado com a nossa atuação", concluiu Mancini.

Relacionados