thumbnail Olá,

Vício faz parte da vida de 'Gazza' desde a época em que jogava; ex-atleta recebeu apoio de vários torcedores

Em um comunicado liberado nesta segunda-feira, a agência GamePlan Solutions informou que o ex-jogador da seleção inglesa, Paul Gascoigne, viajou aos Estados Unidos, onde será internado para se recuperar do alcoolismo. Segundo os representantes de 'Gazza', o atleta mostrou vontade em superar seus problemas com a bebida, e está emocionado com a demonstração de apoio por parte dos torcedores.

"Paul Gascoigne sofre de alcoolismo, e tem passado por tempos difíceis recentemente. Ele pediu ajuda e foi internado em um centro de tratamento nos Estados Unidos", dizia a nota da agência.

"Ele tem problemas complexos, e está sob os cuidados de profissionais."

"Paul ficou extremamente emocionado por todas as generosas ofertas de ajuda que recebeu nos últimos dias. Ele está motivado para compreender e controlar seu vício, sob supervisão."

A situação do craque do English Team, que também tem passagens por Newcastle, Tottenham, Lazio e Middlesbrough, tem gerado repercussão entre figuras conhecidas do futebol inglês. O ex-goleiro do Manchester United, Peter Schmeichel pediu ação por parte da PFA, a Associação de Jogadores Profissionais do país, e acabou ouvindo uma resposta pouco agradável por parte do presidente Gordon Taylor.

"Não consigo pensar em um jogador que recebeu mais apoio e ajuda constantes por tantos anos quanto o que oferecemos a Paul. É quase irônico: é bom que pessoas como Schmeichel se importem com Paul, mas não agradecem o trabalho que fizemos por ele, boa parte do qual precisa ficar confidencial"

"Se é preciso haver críticas, que seja pelas várias vezes em que continuamos acreditando nele [Gazza] e seguimos a seu lado", disparou Taylor.

A situação de Gascoigne preocupa os ingleses, principalmente após a quinta-feira, quando o jogador foi visto tremendo, e mal conseguindo pronunciar as palavras durante um evento em Northampton.
   

Relacionados