thumbnail Olá,

O AST - Arsenal Supporters Trust - demonstrou toda a sua insatisfação com a política de contratações do clube e soltou o verbo contra a diretoria e Arsene Wenger

O Fundo de Torcedores do Arsenal (AST) divulgou um comunicado espinafrando a política de contratações do clube depois do fechamento da janela de transferências de janeiro, mesmo depois do clube ter trazido o lateral Nacho Monreal, do Málaga.

Os Gunners conseguiram finalizar o negócio aos 45 do segundo tempo, depois que um lesionado Kieran Gibbs fez todos prenderem a respiração no Emirates por conta da possibilidade de André Santos acabar sendo titular por um longo período. O ex-corintiano não impressionou a torcida, e, pelo contrário, é considerado uma das piores contratações de Wenger. Mesmo com Monreal chegando para amenizar o problema, o AST não acredita que um único reforço seja suficiente para justificar o clube.

Depois de pesar fatos e números, o fundo também chegou a conclusão de que mesmo que os Gunners consigam uma vaga para a Champions League na próxima temporada, o clube vem sendo prejudicado por uma série de atitudes negligentes da diretoria e do técnico Arsene Wenger no que diz respeito às contratações.

"A janela de transferências de janeiro é uma oportunidade para as equipes fortalecerem seus times para o futuro e prover um algo extra ao elenco para o restante da temporada. Mais uma vez, mesmo com as más atuações no campeonato, vumos uma atividade extremamente limitada do Arsenal, que decidiu que há apenas um jogador, com um preço considerado aceitável, capaz de reforçar o time principal. Só podemos assumir então que trata-se de uma decisão desportiva tomada pelo técnico, que deve achar que não há no mercado opções melhores do que os 'dois por posição' que mantem à sua disposição. O fato de que há dinheiro disponível para contratações não se discute. Uma análise independente feita pelo AST sugere que o valor gire em torno de 50 a 70 milhões de libras. Ivan Gazidis confirmou rencentemente que um fundo considerável foi colocado à disposição do treinador.

"O AST acredita que tudo não passa, pois, de uma questão de como o recrutamento de novos jogadores e os valores pagos sejam gerenciados dentro do Arsenal. Ambos estão muito distantes do esperado e nós pretendemos levantar esses problemas para o clube de novo. Os torcedores do Arsenal pagam os ingressos mais caros do futebol, dando recursos financeiros consideráveis ao clube, mas a ambição e a habilidade para usá-los está em falta. Oportunidades de reforçar o time continuamente desperdiças são prejudiciais à equipe e estão causando danos a longo prazo à nossa competitividade, o que é evidenciado pelo aumento cada vez maior na distância entre o Arsenal e os times da ponta da tabela.

"O AST espera que o dono distante do Arsenal e a junta diretora estejam analisando a situação de forma tão crítica quanto os torcedores," declarou o comunicado.

Relacionados