thumbnail Olá,

Damien Comolli, responsável pela contratação de Suarez, disse temer que perseguição acabe levando o atacante a procurar um clube em outro país

O ex-diretor do Liverpool, Damien Comolli, foi o responsável pela contratação de Luis Suárez no início de 2011. De lá para cá, o uruguaio tornou-se um dos mais temidos atacantes na Premier League e é adorado pela torcida dos Reds, mas vive imerso em polêmica. A imprensa esportiva britânica não dá colher de chá ao jogador, dedicando capas e mais capas de jornal a chamá-lo de cai-cai, provocador e desleal.

Incidentes como o caso de racismo envolvendo Patrice Evra e o gol de mão contra o Mansfield transformaram Suarez é um dos jogadores mais perseguidos na Inglaterra. E, para Comolli, isto acabará levando o atacante a deixar o país.

"Será uma vergonha para o futebol inglês se essa perseguição o tirar daqui. Como a maior liga do mundo, você quer manter os melhores jogadores, não levá-los a escolher outro lugar para jogar por razões estúpidas," afirmou o francês em entrevista à rede de TV BBC.

Suarez chegou ao país por £22.7 milhões em janeiro de 2011, vindo do Ajax, da Holanda, e, desde então, anotou 40 gols em 80 jogos. Nesta temporada, ele vem logo atrás de Van Persie na artilharia do campeonato inglês, com 15 gols contra 16 do astro do United.

"Acho extremamente difícil de entender porquê as pessoas olham para todos os aspectos negativos e não para o ótimo jogador que ele é. Suarez é fantástico enquanto indivíduo e profissional - totalmente comprometido com seu clube, companheiros e trabalho. Ele dá literalmente tudo de si, é um vencedor. As pessoas precisam tomar cuidado com o que dizem e parar de criticá-lo. Ele é alguém que qualquer um gostaria de ter ao seu lado numa guerra. Não acho que nenhum estrangeiros se torna capitão do Ajax aos 21 anos se não for uma grande pessoa," falou.

Comolli foi mandado embora do Liverpool em 2012, junto com o técnico Kenny Dalglish, depois de um período de 18 meses no clube, onde £110 foram gastos em jogadores como Andy Carroll, Jordan Henderson, Stewart Downing e Charlie Adam. O primeiro e o último estão atualmente em outras equipes, enquanto Henderson e Downing seguem sem impressionar ao adeptos de Anfield. De todos os negócios fechados, entretanto, Luis Suarez é um do qual ninguém se arrepende em Merseyside.

Relacionados