thumbnail Olá,

Antes de enfrentar o City no derby de Manchester, que pode decidir a liderança do Inglês, ídolo dos Red Devils minimiza rivalidade e cita Liverpool como grande adversário

Desde que o Manchester City foi comprado pelo bilionário Sheikh Mansour, em 2007, a rivalidade local com o United ganhou novos contornos. De uma equipe com ambições modestas, os Citizens passaram a sérios candidatos a todos os títulos em disputa na Inglaterra.

Para um dos maiores ídolos da história recente do United, entretanto, o enriquecimento do rival não mudou em nada o sentimento de torcida e jogadores em relação ao clube.

"O jogo não tem nada de extra por se tratar do City. O Liverpool sempre foi nosso grande rival, sempre foi nosso maior teste," disse o meia Ryan Giggs.

O galês citou outros grandes time da Premier League, afirmando que existem diferentes tipos de rivalidade.

"O Arsenal já teve times brilhantes e travamos algumas batalhas memoráveis contra eles. O Chelsea também era sensacional com o Mourinho, e agora o City também é um bom time. A grande diferença é que eles estão aqui na nossa porta, mas nós queremos ganhar a liga independentemente de contra quem estamos competindo."

Giggs chegou a marca de 920 jogos pelo United no meio de semana, quando foi capitão da equipe na derrota para para o Cluj, pela Liga dos Campeões. O meia não descartou o Chelsea como candidato ao título, apesar dos 10 pontos de diferença entre o United, que lidera a tabela, e os Blues, em terceiro. Mas, apesar disso, Giggs admitiu que o derby de Manchester pode ser o diferencial para decidir quem será o campeão.

"Nós últimos anos, com a quantidade de dinheiro que o City gastou e a qualidade dos jogadores que comprou, o derby tem sido mais e mais importante. Os dois jogos contra eles na última temporada foram o diferencial. Espero que nós possamos conseguir a vitória dessa vez e, no final, a diferença pese a nosso favor," concluiu.

Relacionados