thumbnail Olá,

Jogador sofreu várias investidas do treinador português, mas afirma que nunca pensou em deixar o Liverpool

Muitas equipes estiveram interessadas no inglês Steven Gerrard, um dos principais jogadores do futebol europeu e mundial na última década. Treinadores também: o português José Mourinho sempre foi um admirador do talento do meia do Liverpool, tanto que tentou trazê-lo durante sua passagem para o Chelsea, e também para o Real Madrid.

O capitão dos Reds contou sobre o assédio, e admite ter ficado balançado com o convite. Mas acabou decidindo ficar em Anfield.

"O Liverpool não estava me proporcionando um desafio naquela época, então eu realmente fiquei em dúvida. Mas no fim acabei dizendo 'não', e disse 'não' novamente, um ano mais tarde. Mas ele [Mourinho] voltou a me procurar quando estava no Real Madrid, há dois anos atrás", contou à ESPN.

Ao contrário da maioria dos jogadores, o camisa 8 nunca levou muito a sério a ideia de atuar pelos gigantes espanhóis Real e Barcelona.

"Vejo muitos jogadores que são sondados por grandes clubes e fazem verdadeiras guerras internas nas equipes onde estão para conseguirem sair. Mas eu nunca fui assim e, reitero, não era para ter acontecido", concluiu o jogador.

Gerrard, 32 anos, surgiu na equipe principal do Liverpool em 1998, e se tornou um dos ídolos modernos do clube do Merseyside ao conquistar duas Copas da Inglaterra, três Copas da Liga, dois vice-campeonatos da Premier League e uma Champions League, em 2005.

Relacionados