thumbnail Olá,

O técnico dos Gunners, Arsene Wenger, estaria insatisfeito com as atitudes e desempenho do lateral brasileiro que fica no banco contra o Schalke 04 hoje.

Em reportagem especial da Goal.com internacional, o Arsenal já não quer mais contar com os serviços de André Santos e deve se desfazer do lateral já na janela de transferências de janeiro. O jogador, que não está entre os titulares contra o Schalke 04 hoje à noite, pode voltar para a Turquia ou mesmo para o Brasil. Vai depender se Arsene Wenger encontrará um substituto para a lateral esquerda.

Apesar de, em público, medir as declarações, o treinador estaria "furioso" com André Santos desde que este trocou de camisa com Robin Van Persie (ex-Arsenal) no intervalo da derrota por 2 a 1 contra o Manchester United, além da performance pífia durante a partida. Para tentar limpar um pouco a barra, o lateral emitiu um pedido de desculpas público à torcida pelo acontecido.

Mas a frustração de Wenger antecede os acontecimentos em Old Trafford. Além do treinador, a torcida e até membros mais neutros do clube estariam insatisfeitos com o lateral. O técnico estaria "impressionado" com a falta de concentração de André Santos em treinamentos e jogos.

O clube já tentou até mudar os hábitos alimentares do jogador com a elaboração de uma dieta rígida para tentar fazer com que André Santos perdesse até sete quilos. O que não deu muito certo.

Como se não bastassem todos esses complicadores, Wenger ainda considera que André teria manchado a reputação do Arsenal quando o lateral teve a habilitação suspensa por exceder o limite de velocidade em setembro.

Em entrevista a Goal.com na semana passada, André Santos, mesmo reconhecendo a fase ruim, disse que estaria estabelecido no Arsenal, apesar dos crescentes rumores de uma volta à Turquia.

"Não é verdade (o interesse de outros clubes). Não quero sair do Arsenal, estou feliz aqui e minha família também está adaptada à vida em Londres. Gosto muito da Inglaterra, espero poder cumprir meu contrato", disse.

No entanto, não é o que pensa a diretoria do clube inglês. O Arsenal vai ouvir ofertas pelo jogador, mesmo que não consigam recuperar os £ 6,2 milhões pagos ao Fenerbahce, em 2011.

André foi titular do time nos últimos quatro jogos, desde que o lateral Gibbs teve uma lesão na coxa no início de outubro. A volta do antigo dono da posição deve acontecer sábado contra o Fulham, em casa, pela Premier League.

Contra o time alemão, pela quarta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League, o brasileiro deve ser substituído por Vermaelen, com Koscielny entrando na zaga. Podolski e Walcott farão testes horas antes da partida para saberem se terão condição de jogo.



Relacionados