Seis anos da chegada de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid

O craque português trocou o Manchester United pelo Real Madrid após uma transferência recorde. CR7 foi recebido diante de milhares de torcedores no dia 1º de julho de 2009

Muitos gols, títulos e recordes. Foi o que o Real Madrid colheu após investir pesado para tirar Cristiano Ronaldo do Manchester United. Desde então já se passaram seis anos desde a apoteótica apresentação do atacante, que completa aniversário nesta semana.. 

O português foi recebido por cerca de 80 mil torcedores no Estádio Santiago Bernabéu. Entre eles, os lendários (e já falecidos) Alfredo Di Stéfano e Eusébio, que recepcionaram o jogador no centro do gramado.

Cristiano recebeu a 'camisa 9' com a inscrição 'Ronaldo'. O número estava vago desde a saída do argentino Javier Saviola. Somente após a saída de Raúl González em 2010 que CR9 voltou a ser CR7.

A transação de £ 80 milhões (cerca de R$ 390 mi) foi o recorde na época. Nunca um clube havia pago tanto para contratar um jogador de futebol. Atualmente essa marca foi superada pela contratação de Gareth Bale, também pelo Real Madrid - que pagou £ 85,3 milhões (R$ 416 mi) ao Tottenham em 2013.

O investimento se traduziu em conquistas importantes pelo clube. As mais importantes foram: o Mundial de Clubes (2014), a Champions League (2013-14), a Liga Espanhola (2011-12), a Copa do Rei (2010–11 e 2013-14) e a Supercopa da Espanha (2012).

Além dos títulos coletivos, foi no Real Madrid que Cristiano Ronaldo conquistou os seus principais prêmios internacionais. Em especial a Bola de Ouro da Fifa, em  2013 e 2014. Anteriormente o português havia vencido uma vez, em 2008, quando defendia os Red Devils.

Confira os números que fizeram de CR7 o artilheiro da temporada 2014-15 na Liga Espanhola: