thumbnail Olá,

O galês formou um trio de ataque com Karim Benzema e Cristiano Ronaldo nesta temporada, mas alertou para a qualidade do restante da equipe

Gareth Bale acredita que há mais qualidade no Real Madrid do que o trio de ataque, formado pelo galês, por Benzema e Cristiano Ronaldo. Os três fizeram 58 gols na La Liga, mas Bale diz que é injusto sugerir que o sucesso do time é baseado no desempenho deles apenas.

"Obviamente, é fantástico jogar com grandes jogadores como Ronaldo e Karim, mas não somos só nós três", disse Bale ao Bwin.

"Eu acho que toda a equipe tem jogado bem durante toda a temporada. É muito bom jogar com todos, eu estou gostando muito. Todo mundo aqui tem me impressionado e eu aproveito cada minuto", acrescentou ele.

"É incrível ser capaz de treinar com jogadores de classe mundial todos os dias. Eles estão me ajudando a levantar o meu jogo. Eu amo o treinamento todos os dias e tento melhorar o tempo todo como jogador", continuou ele.

Bale também sente que, apesar dos problemas de lesão que tenham interrompido a sua temporada de estreia na Espanha, ele adaptou-se relativamente fácil de à La Liga.

"Eu não acho que eu mudei muito. O estilo de futebol da Espanha, em comparação com a Premier League, baseia-se mais em manter a posse, mas meu estilo de jogo não mudou muito . Estou muito confortável aqui", analisou o galês.

Bale marcou quatro gols nos últimos três jogos em todas as competições pelo Real Madrid e espera manter seu bom momento nas quartas de final da Champions League, contra o Borussia Dortmund na terça-feira, às 15h45. O Real venceu a primeira partida por 3 a 0, no Santiago Berrnabéu.

"O jogo de quarta-feira passada em casa foi ótimo. Jogamos bem e merecemos ganhar, mas vai ser um jogo diferente em Dortmund. Eles vão sair lutando e temos que encará-lo como qualquer outro jogo, vencer e garantir nosso lugar nas semi finais", apontou ele.

"Eu nunca joguei no Signal Iduna Park, mas eu vi na TV e eu ouvi as pessoas falarem sobre isso. Eles dizem que a atmosfera é incrível. Somos profissionais", concluiu ele.

Relacionados