thumbnail Olá,

O atacante Diego Costa foi o grande destaque da equipe comandada por Diego Simeone

Se ainda não sabemos quem será o campeão da Copa do Rei, ao menos podemos afirmar que a capital espanhola estará em festa. Após o Real Madrid conseguir sua vaga na final ao bater o Barcelona, na terça, nesta quarta-feira o Atlético de Madri também garantiu sua vaga na finalíssima. Os colchoneros, que venceram o Sevilla no jogo de ida por 2 a 1, empataram em 2 a 2 fora de casa e enfrentarão seus maiores rivais no estádio Mestalla, em Valência, local da decisão.

Brasileiro brilha como artilheiro e ‘garçom’

Logo aos 6 minutos, o atacante brasileiro Diego Costa, artilheiro da Copa do Rei com sete gols, entortou a zaga adversária e abriu o placar para os visitantes. Após levar o tento, o Sevilla partiu para cima, mas não teve sucesso.

A resposta dos comandados de Diego Simeone foi ainda mais letal e, dos pés de Diego Costa, nasceu o segundo gol do Atleti. O brasileiro deu um passe açucarado para Falcao García, que, dentro da área, não perdoou. Jesus Navas ainda descontou para o time da Andaluzia aos 39’. No entanto, ao final dos primeiros 45 minutos, os colchoneros já viam a classificação muito próxima.

Sevilla não desiste

Em busca de uma virada heroica, o Sevilla se lançou ao ataque e deu alguns sustos no goleiro Courtois, mas sofria com o perigo dos contra-ataques, sempre perigosos quando puxados por Arda Turan. As coisas para o time da casa pioraram aos 76’, quando Medel levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com um a mais em campo, o Atlético administrou o jogo e sua vantagem. O Sevilla ainda marcou mais uma vez, aos 90’, com Rakitic, mas o resultado ainda não era o suficiente para o time da casa, que ainda viu Kondogbia se expulso por fazer falta violenta em Diego Costa antes do apito final, que garantiu o time alvirrubro na finalíssima.

Relacionados