thumbnail Olá,

Na opinião do atacante do Atlético de Madrid, apesar da crise, jogadores "vivem em uma bolha"

O atacante do Atlético de Madrid, Falcao García, falou sobre a crise econômica que vive a Espanha e emitiu a opinião de que os jogadores que atuam no futebol espanhol não são afetados financeiramente.

"É evidente que a situação económica do país não é fácil", disse o atleta 27 anos de idade, ao El Mundo.

"Um jogador de futebol vive sempre em uma bolha, porque quando tais coisas acontecem, eles não são afetados pela crise, mas eu sei como as coisas são, porque caso contrário não estaria vivendo neste mundo", acrescentou.

"Eu tenho o privilégio de ter um emprego e que, hoje, é algo que eu valorizo muito.", ressaltou o colombiano.

Na opinião de Falcao García, atualmente o futebol é menos valorizado como um esporte.

"Para muitos, o futebol se tornou um negócio, para outros uma consideração radical ou posição para dividir as pessoas. Isto ultrapassa o que é o jogo, que costumava ser algo muito mais fraterno", analisou.

Relacionados