thumbnail Olá,

Lateral do Barcelona diz que problema entre Messi e jogadores do Real Madrid foi algo que 'só Callejón parece ter visto'

O lateral do Barcelona, Jordi Alba, foi o eleito para a coletiva de imprensa após o treinamento do time nesta quinta-feira, depois de regressar à Espanha com uma vitória por 3 a 1 sobre o Uruguai no amistoso de quarta-feira, em Doha, no Qatar.

Perguntado sobre sua opinião a respeito da notícia do dia em Barcelona - a renovação de Lionel Messi -, Alba destacou a importância do fato para a equipe blaugrana.

"A renovação de Messi é uma boa notícia para todos os barcelonistas. Ele é o melhor do mundo e, se nada mudar, será o melhor da história," afirmou.

O lateral também falou sobre o próximo adversários dos líderes da liga espanhola. No domingo, o time enfrenta o Getafe.

"Normalmente não jogamos ao meio-dia, mas não é nenhum inconveniente. O Getafe é um rival complicado, é muito agressivo e com jogadores de grande qualidade. Irão complicar a nossa vda, com certeza. Teremos um mês de fevereiro muito intenso, com jogos muito duros, mas temos de manter essa competitividade em todas as competições. Ir partida a partida e seguir vencendo," avaliou.

No âmbito pessoa, Jordi declarou que não teve problema algum em adaptar-se ao estilo do Barça.

"É fácil de se entender com eles. Iniesta jogou toda a Eurocopa comigo e me senti muito cômodo com ele, e Léo tem uma grande mobilidade e liberdade para jogar por todo o campo. Todos nós estamos em plena forma, e isso é importante na hora de se adaptar ao jogo de diferentes jogadores," afirmou.

Além disso, Alba ressuscitou a polêmica do último encontro com o Real Madrid, sobre uma confusão que teria ocorrido envolvendo Messi e vários integrantes do time merengue após o encontro pela Copa do Rei no Santiago Bernabéu.

"Parece que só o Callejón viu o que ele relatou, nenhum dos seus companheiros viu nada. Não sei se esse tema merece receber atenção, tudo deve acontecer e ficar no campo, e eu não vi nada a respeito do que ele disse," encerrou.

Callejón teria relatado uma discussão entre Messi e Karanka, em que o astro do Barça teria ido provocar o assistente de Mourinho.

Relacionados