thumbnail Olá,

Craque argentino relativizou diferenças entre Tito Vilanova e Pep Guardiola

Nem o quarto Ballon D'Or seguido, nem o acúmulo de recordes de gols marcados, parecem satisfazer a ambição do argentino Lionel Messi. Os números, aliás, são o que menos influencia em seus objetivos na carreira: o craque sonha em ir cada vez mais longe, vestindo a camisa do Barcelona e da Argentina.

"Quebrar recordes não é meu objetivo, quero vencer tudo o que eu puder por minha equipe. Seja pelo Barcelona, seja por minha seleção", disse ao diário Clarín.

"Todo mundo está sempre querendo melhorar em todas as áreas, no futebol e na vida, e comigo não é diferente."

A troca de comando no Barcelona, de Pep Guardiola a Tito Vilanova, não parece ter alterado o rendimento do argentino, que já marcou 40 gols na temporada sob o novo técnico. Para Leo, a equipe deve estar sempre buscando a evolução.

"É claro que nós [Barcelona] podemos melhorar. Nunca seremos perfeitos, mas deixo isso nas mãos do nosso treinador, Tito Vilanova."

"A diferença entre os dois [Vilanova e Guardiola] é muito pequena, os dois gostam de um jogo baseado na posse de bola, e cada um tem sua própria personalidade", finalizou o argentino.

Relacionados