thumbnail Olá,

Zagueiro e goleiro merengues vieram a público desmentir a informação veiculada pelo jornal 'Marca'

O clima no Real Madrid é de absoluto apoio ao técnico José Mourinho. Poucas horas depois de sugerir um atrito entre o técnico José Mourinho e a dupla Iker Casillas e Sergio Ramos, respectivamente capitão e vice-capitão do elenco madrinista, o jornal Marca foi desmentido pelos dois jogadores.

Em um comunicado divulgado no site oficial do clube, tanto o goleiro quanto o defensor expressaram não apenas apoio ao comandante português, como também confiança na superação do momento ruim vivido pelo Real dentro de campo.

O periódico espanhol informou, nesta quinta, que Casillas e Ramos teriam feito um ultimato ao presidente blanco, e que ambos teriam condicionado sua permanência no clube à saída do treinador.

Leia o comunicado na íntegra:

"Diante da informação surgida em um meio de comunicação durante a manhã de hoje, os dois primeiros capitães do Real Madrid gostaríamos de comunicar o seguinte:

1. Que na reunião de quarta-feira com o presidente Florentino Pérez e o diretor geral do clube, jamais foi feito qualquer titpo de ultimato de nossa parte com relação à figura de nosso treinador.

2. Como capitães do elenco e membros de um excelente grupo humano e profissional, desaprovamos categoricamente o uso de nossos nomes e de qualquer outro membro deste elenco para embasar uma informação que qualificamos como falsa em sua totalidade.

3. Queremos mostrar nosso apoio à figura do treinador, José Mourinho, a quem devemos máximo respeito.

4; Por fim, desejamos transmitir a todos os sócios e torcedores do Real Madrid nossa convicção inalterável de que apenas através da unidade de todo o madrinismo superaremos, como sempre, todos os desafios que enfrentamos a cada temporada.

Hala Madrid!
Iker Casillas e Sergio Ramos"

Relacionados