Mourinho é denunciado por agressão em centro comercial

Jornal espanhol revela que técnico foi acusado por um torcedor de ter sido agredido ao tentar tirar uma foto
Se acumulam os problemas para José Mourinho. O técnico do Real Madrid, que vive seus dias mais turbulentos desde que chegou à Espanha, foi denunciado em um munícipio vizinho de Madrid, Parla. Ao menos assim explica o diário El Mundo.

De acordo com o jornal, a denúncia foi apresentada pela Guarda Civil. A história, sempre segundo o El Mundo, é a seguinte: o técnico português, sua família e dois guarda-costas estavam caminhando por um centro comercial em Majadahonda quando um torcedor se aproximou e pediu para tirar uma fotografia.

O português então teria negado, e a reação do homem teria sido colocar-se diante de Mourinho. Nesse instante, segundo a denúncia, o técnico teria dado uma 'patada' no torcedor. Só aí os guarda-costas teriam tomado ação, e em seguida os seguranças do centro comercial e, finalmente, a Guarda Civil.

O El Mundo também explica que a versão oficial do Real Madrid é de que a agressão não foi causada por Mourinho, e sim pelos guarda-costas, que teriam empurrado a "vítima".