thumbnail Olá,

Ex-diretor do Real Madrid afirma que treinador impôs sua decisão a uma 'lenda do clube' como forma de mostrar seu poder

O ex-diretor de futebol do Real Madrid, Jorge Valdano, criticou, diante dos microfones da rádio espanhola Cadena Ser, a decisão de José Mourinho de deixar Iker Casillas no banco na derrota diante do Málaga por 3 a 2 no sábado. Em sua opinião, é uma mostra do poder de Mourinho no clube.

"O Mourinho leva as suas relações com os jogadores de uma maneira particular, mas isto é dobrar sua aposta e tem uma grande carga de profundidade. É uma exibição de poder, é impôr sua decisão a uma lenda do clube," disse Valdano sobre a polêmica alteração.

O ex-jogador e ex-direto do clube merengue comentou que, se a decisão for de teor disciplinador, pode ter causado muito dano à equipe, e assegurou desconhecer as razões para que Casillas não jogue.

"Imagino que seja uma decisão técnica, que Mourinho confie muito em Adán, porque não é nada correto levar as decisões disciplinadoras para a escalação da equipe. Ele castiga o time ao fazer isso. É uma escolha de peso e imagino que muito bem pensada, ainda que eu desconheça quais são os motivos," encerrou.

Relacionados