thumbnail Olá,

Atacante colombiano afirma que meses da inter-temporada foram bastante confusos e de muita incerteza com relação ao seu futuro

Radamel Falcao é feliz no Atlético de Madrid. O jogador já é ídolo da torcida e ums dos atacantes mais certeiros e respeitados da Europa. Ele não aposta em um número de gols para a temporada, porém garante que pretende melhorar. "Não penso em números. Ainda que sempre tomo como referência e meu objetivo superar os 36 gols da temporada passada. Porém não quero me colocar um teto", comentou ao 'Marca'.

Muitos dizem que a partida diante do Chelsea foi a melhor da história do Atlético. O atacante colombiano aponta na mesma direção: "Creio que foi a melhor partida da equipe com relação a efetividade. Não sei se em outras coisas, talvez também. E foi uma partida decisiva, um momento único", explicou.

Falcao reconhece que começos nunca são fáceis, já que não se tem a confiança de todo mundo. Ainda assim, o jogador conquistou o carinho de todos com esforço e muitos gols: "Me sinto orgulhoso. Sou consciente de que muita gente duvidava de mim, que não estavam convencidos de meu valor. Vinha do futebol português, e a equipe não estava bem. O importante é que superaramos a situação", declarou.

Após uma janela onde se falou muito, Falcao terminou permanecendo no Atlético de Madrid, ainda que reconheça que chegou a pensar que seu momento no clube poderia ter chegado ao fim: "Pensei que poderia sair pelo que se falou dentro do clube, quando se disse que era difícil me manter se não entrássemos na Champions. O futuro era incerto pela questão econômica, porém a equipe fez um grande esforço e manteve quase todo o plantel. Isso mostra como estão trabalhando bem os dirigentes do clube", afirmou.

Sobre o seu futuro imediato, Falcao foi direto: "Tenho contrato por alguns anos. Hoje minha realidade é o Atlético e não posso pensar em outra coisa".

Relacionados