thumbnail Olá,

O Goal 50 sai na próxima segunda, e nós seguimos a contagem regressiva com cada um dos cinco times com os melhores de cada continente, eleitos por nossos cinco diretores editoriais



Ao escolher um time do ano, creio que a ênfase deva ficar sobre a palavra "time". Essa não é uma listagem dos melhores onze jogadores, nem necessariamente os melhores de cada posição, mas acredito que esta seja uma equipe que venceria quase todos os seus jogos, e dificilmente perderia algum. A formação foi a primeira escolha; qualquer abordagem sobre o bom futebol leva ao 4-5-1, tática esta adotada pela maior parte dos times nos dias de hoje.

Petr Cech conseguiu se livrar da inconsistência que o assombrou ao longo das últimas temporadas, e também foi o autor da defesa mais incrível do ano (um cabeceio de Javier Hernández na FA Cup). Com isso, ele vence por uma pequena margem o jovem Thibaut Courtois, que é, ironicamente, seu provável herdeiro no gol do Chelsea.

Thiago Silva e Dante já se entendem da experiência recente que ambos tiveram juntos na Seleção brasileira, e não penso que ninguém vá discutir que Philipp Lahm e Ashley Cole são os dois laterais mais completos do futebol na atualidade.

Após uma era de ouro para os volantes na metade dos anos 2000, esta é, hoje, uma posição carente de estrelas indiscutíveis. Daniele de Rossi e Sergio Busquets acabam sendo escolhas óbvias nesse sentido.

Para os quatro jogadores da frente, também não tive dúvidas - Gareth Bale e Cristiano Ronaldo podem trocar de flancos o tanto quanto quiserem que marcarão gols aos montes, enquanto Lionel Messi e Andrés Iniesta formam uma combinação perfeita pela faixa central.

Impenetrável atrás, letal na frente, esta é uma escalação para vencer tudo o que tiver pela frente.

Você concorda? Selecione os seus onze melhores de 2012/13 clicando em "Pick Your Team" no gráfico acima!

Relacionados