thumbnail Olá,

O ex-goleiro colombiano ficou 12 temporadas no clube mexicano

A morte do ex-goleiro Miguel Calero foi confirmada e lamentada no perfil oficial do facebook da equipe do Pachuca. Os Tuzos, apelido do clube, deixam uma mensagem de agradecimento pelo apoio e de lamentações pela despedida do ex-jogador.

A mensagem foi deixada pouco após as 16h. Miguel Calero tinha 41 anos e, apesar de passar bom tempo no futebol mexicano, era ídolo na seleção colombiana, onde conquistou a Copa América de 2001.

O goleiro, que sofria com problemas de sáude, teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e não resistiu.

Mensagem na íntegra:

COMUNICADO À IMPRENSA

Por meio dessa mensagem, o Grupo Pachuca lamenta profundamente informar que, ao meio-dia desta terça-feira, dia quatro de dezembro, a maior estrela dos Tuzos, Miguel Ángel Calero Rodríguez veio a falecer.

Miguel Calero foi um jogador que marcou época na história do Clube Pachuca.

Também aproveitamos para comunicar, que hoje a partir das 18h30 ocorrerá o funeral do ex-goleiro no Auditório Gota de Plata.

Agradecemos a todos pelas demonstrações de carinho, apoio e solidariedade com Calero e com toda família.

Atenciosamente
Diretoria de Comunicação
GRUPO PACHUCA

Relacionados