thumbnail Olá,

Goal.com lista 5 jogadores talentosos da América do Sul que não se adaptaram ao futebol europeu.

Nem sempre os jogadores que surgem como estrelas no futebol sul-americano conseguem repetir o sucesso quando chegam em território europeu. Elaborei uma lista de cinco nomes que saíram da América do Sul rodeados de expectativas e não as corresponderam no Velho Continente.

Juan Riquelme

Um dos meias mais talentosos de sua geração no futebol mundial, Riquelme teve seus melhores momentos no Boca. A saída da Argentina para jogar pelo Barcelona parecia ser um prenúncio de que o jogador se tornaria um astro na Catalunha. Irregular, ele acabou no Villarreal, onde brilhou por algum tempo antes de ter problemas de relacionamento com o treinador. De volta à casa, o meia voltou a apresentar o futebol que lhe levou à Europa.

Nilmar

A velocidade incrível do franzino centroavante do Internacional impressionou a todos no Brasileirão de 2003. Campeão mundial Sub-20 naquele mesmo ano pela Seleção, o atacante foi contratado pelo Lyon. Lá, não teve muitas chances para se firmar, e chegou a ser escalado aberto pelo lado direito, longe de sua posição de origem. A volta ao Brasil para jogar no Corinthians devolveu a Nilmar a reputação de um dos melhores atacantes do país, status que ainda possui jogando pelo Internacional.

Andrés D’Alessandro

Outro jogador que atualmente está no Internacional, o meia foi um dos jogadores comparados à Maradona na Argentina. Extremamente promissor no River Plate, D’Alessandro não conseguiu se firmar no futebol europeu, passando por Wolfsburg, Zaragoza e Portsmouth. Desde que voltou para o San Lorenzo e depois da transferência para o Inter, o meia vem reencontrando o nível do início da carreira.

Javier Saviola
Mais uma cria do River Plate, Saviola teve momentos de brilho, especialmente no Barcelona. Nunca conseguiu, porém, corresponder as enormes expectativas que foram postas em seu futebol quando surgiu. Hoje o atacante está encostado no Real Madrid, situação que poucos imaginavam quando ele saiu da Argentina.

Denilson
A venda de Denilson do São Paulo para o Real Betis foi  a maior transação do futebol brasileiro até aquele momento. O valor elevado pago pelo clube espanhol se justificava pelos dribles e arrancadas do jovem atacante. Na Espanha, porém, Denilson passou a ser um jogador medíocre, muitas vezes mau posicionado por seus treinadores. A volta para casa não foi tão boa quanto a de outros nomes dessa lista, e o jogador hoje defende o pequeno Itumbiara, de Goiás.

André Baibich, Goal.com

Não concorda com algum nome da lista? Quer acrescentar mais alguém? Opine deixando seu comentário!