thumbnail Olá,

Argentino admitiu que o atacante do Real Madrid não estaria no seu ataque ideal, formado por ele mesmo, Messi e Rooney e afirmou que está mais calmo agora

Carlos Tévez, atacante contratado pela Juventus afirmou que Wayne Rooney e Lionel Messi fazem parte dos companheiros de ataque ideais para ele, mas que nesse time hipotético não haveria espaço para Cristiano Ronaldo.

O argentino, que completou sua transferência do Manchester City para a Juventus, foi destaque ao lado de Rooney e Ronaldo durante seu tempo no Manchester United, mas admitiu que o estilo de jogo do português não o empolga.

"O meu tridente ideal de atacantes seria composto por mim, pelo Rooney e pelo Messi. Não o Cristiano Ronaldo, ele não me faz sonhar", afirmou Tévez ao Tuttosport.

O período de quatro anos que Tévez no Manchester City foi marcado por uma briga com o então técnico Roberto Mancini após o atacante se recusar a entrar como substituto contra o Bayern de Munique, em um jogo da Champions League. Mas, o atacante afirma que a situação entre Dzeko e o técnico foi muito pior e que agora consegue manter a calma frente a situações de estresse.

"Na televisão, parecia pior do que era", explicou Tevez. "Quando o treinador decidiu retirar [Edin] Dzeko e colocar um zagueiro, voltei para o banco desapontado", disse ele.

"Mas aquele que estava realmente irritado era Dzeko, que começou a insultar Mancini em bósnio, com Mancini a lhe responder em italiano - era uma cena surreal".

"No início da minha carreira na Inglaterra eu estava de cabeça quente. Se o treinador me substituia, eu o amaldiçoava e o insultava. Agora eu não sou mais assim, eu aprendi como me comportar", concluiu Tévez.

Relacionados