thumbnail Olá,

Segundo jornal espanhol, Falcão Garcia, do Atlético de Madrid, tem cláusula que estabelece valores maiores em negociação que envolva o rival.

De acordo com o jornal AS, da Espanha, o Atlético de Madrid impôs uma espécie de “cláusula anti-Real Madrid” no contrato do colombiano e estrela do time Falcão García. Segundo a publicação, o sulamericano custa 60 milhões de euros (cerca de R$ 152,7 milhões) para qualquer outro clube do mundo. Se, por um acaso, o interessado for o Real Madrid, o preço sobe para incríveis 75 milhões de euros (R$ 191 milhões).

Segundo o AS, a fonte das informações trabalha num clube inglês. Curiosamente, é da Grã-Bretanha que partiram as principais investidas ao jogador do Atlético de Madrid. O Chelsea, por exemplo, já teria tentado algumas vezes, mas acabou sendo rejeitado pelo atleta.

Outro inglês interessado no jogador é o Manchester City. Para a negociação avançar, contudo, o clube iria definir antes se continua ou não com o treinador Roberto Mancini. Segundo a imprensa inglesa, o City estaria disposto a se desfazer de Tevez, embora o discurso da direção do clube dê conta de uma possível renovação, e Dzeko para levar à Manchester Falcão ou Cavani, do Napoli.

Uma terceira agremiação que também ventilou o nome de Falcão, essa através do próprio treinador, foi o Arsenal. Segundo Arsene Wenger, o clube tem condições reais de contratar o colombiano e de fato ele é um jogador que agrada o comando do time.

Relacionados