thumbnail Olá,

Torcedores reclamam de gestão empresarial do Manchester United

Torcida dos Diabos Vermelhos reclamam da administração dos americanos da família Glazer nos negócios do clube

A torcida do Manchester United está insatisfeita com a maneira com que a família Glazer vem conduzindo os negócios do time. A relação entre os apaixonados pelos Diabos Vermelhos e os americanos donos do clube é conturbada e repleta de desentendimentos desde que os cartolas entraram em cena, em 2005. Para revolta dos mais fanáticos, os gestores lançaram ações do clube na Bolsa de Nova York no fim de 2012.

O diretor da associação de torcedores do clube, Duncan Drasdo, não foi surpreendido, no entanto. Para ele, a maneira de trabalhar dos Glazer é agressiva demais.

“A minha opinião sobre a forma que eles (os Glazer) operam e já operaram no passado não mudou. O lançamento das ações mostra o comportamento deles no negócio. É algo realmente muito agressivo” declara Duncan.

Segundo os torcedores, o Manchester United é hoje muito mais uma empresa do que um clube de futebol. Duncan enfatiza isso e revela preocupação, pois, do seu ponto de vista, o futebol é um negócio secundário nas metas dos Glazer.

“Eles tem a maioria dos votos no conselho do clube, e não há dividendos a ser pago aos acionistas, nem agora ou no futuro” diz Duncan Drasdo. “E, me parecem empresários preocupados com eles mesmos acima de tudo, e não com o futebol, que é o que eu gostaria de ver”.

Apesar dos desentendimentos entre a torcida e a família Glazer, a verdade é que, dentro de campo, não há do que reclamar. Com incríveis doze pontos de vantagem na liderança da Premier League, e apenas a onze rodadas para o fim do campeonato, o Manchester United caminha a passos largos para mais um título inglês.

Relacionados