thumbnail Olá,

O auxiliar-técnico e treinador interino do Barcelona comentou a derrota para o Milan, o jogo com o Sevilla e os retornos de Abidal e David Villa

Jordi Roura, auxiliar técnico do Barcelona e treinador interino na ausência de Tito Vilanova, concedeu entrevista que precede a partida com o Sevilla, amanhã, no Camp Nou, às 18 horas. Vilanova está em Nova York desde o dia 21 de janeiro para fazer tratamento contra um tumor e não voltará antes de março.

A derrota para o Milan no meio da semana ainda repercutiu: "Temos que virar a página. Xavi disse que não soubemos competir, mas acho que nos faltou um pouco mais de confiança. Falaremos do Milan quando chegar o jogo de volta. Estamos concentrados no campeonato espanhol. É normal que os jogadores estejam tristes, porque o resultado não é favorável e eles sabem disso. Já perdemos partidas, perderemos alguma outra até o final da temporada e o que marca é a diferença de reação".

Depois das críticas que sua equipe recebeu após a derrota na Liga dos Campeões, Roura afirmou: "Se nestes momentos existe uma equipe que merece crédito, confiaça e respeito, é essa. Acredito que os jogadores sempre dão o máximo e têm demonstrado isso não só durante este ano, mas sim durante muito tempo. Sábado não será uma exceção".

Os retornos de David Villa, que se recuperou de um cálculo renal, e Eric Abidal, que passou por um transplante de fígado em abril de 2012 devido a um tumor, também estiveram na pauta do treinador: "Recuperar Abidal é uma ótima notícia para ele e para o clube, mas também a nível esportivo, porque recuperamos um jogador muito importante para o elenco. O processo vai ser mais demorado, porque não é uma lesão comum".

Sobre o adversário de amanhã, o auxiliar comentou: "Tomara que o Sevilla não jogue com os titulares, mas creio que a equipe que Emery vai trazer será muito competitiva. Não sei se tentarão imitar o Milan, mas em todo o caso será uma decisão deles tentar imitar esse modelo".

Relacionados