thumbnail Olá,

Defensor do time espanhol projeta duelo feroz no segundo jogo entre Barcelona e Milan, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Depois de alguns jogadores do Milan falarem satisfeitos da vitória na última quarta-feira, Gerard Piqué emitiu um grito de guerra em favor do Barcelona após a derrota por 2-0, no San Siro. A partida era válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões e, embora o resultado configure boa vantagem para os italianos, os culés prometem lutar ao máximo para revertê-la no Camp Nou.

Os gols da partida que surpreenderam o Barcelona foram de Kevin-Prince Boateng e Muntari Sulley. No que foi chamado por muitos de “baile tático” de Allegri, os donos da casa dominaram e fecharam as portas para os visitantes da Espanha.

"Estamos no Barcelona e isso quer dizer que nós temos que lutar", disse Piqué ao site oficial do clube catalão. "Nós tivemos o jogo sob controle no primeiro tempo, mas não jogamos bem no segundo. Tudo desmoronou depois que eles abriram o marcador. Temos que melhorar e aprender com isso”.

Foram muitas as declarações sobre o favoritismo do Barcelona antes da partida. De fato, talvez a minoria dos torcedores apostou que o Milan venceria com tanta propriedade. Sobre isso, Piqué também disse algumas palavras.

"Parecia que eles estavam vindo para o jogo como vítimas, mas nós sabemos deste clube,da história que eles têm, então não há desculpas - campo, o árbitro, nada - temos de trabalhar duro para lutar".

 

Relacionados