thumbnail Olá,

Lucas: 'Espero estar mais feliz do que o Hulk depois de quinta-feira'

Brasileiro falou sobre a partida do Liverpool contra o Zenit, do amigo Hulk, sua recuperação e da adaptação de Philippe Coutinho à Inglaterra

Na quinta-feira, o Liverpool de Lucas voltará a campo para tentar reveter a difícil vantagem conseguida pelo Zenit, de 2 a 0, no jogo de ida da fase de 16-avos-de-final. Do outro lado do campo estará Hulk, autor de um dos gols do clube russo na vitória da última semana, e amigo pessoal do volante.

Assista ao vídeo aqui.

O brasileiro revelou que, apesar de muito amigos, não trocaram informações antes do confronto, e que espera estar sorrindo mais do que o amigo na noite de quinta.

"Somos próximos, especialmente porque tivemos várias chances de jogar juntos na Seleção. Ele marcou um gol contra nós, estão levando a competição muito a sério. Hulk é um jogador muito importante para eles, mas não me deu nenhuma dica porque, é claro, quer ganhar tanto quanto eu. Amanhã teremos uma conversa amigável depois do jogo e eu espero estar mais feliz do que ele.

LUCAS SOBRE COUTINHO
Lucas é como 'paizão' para Coutinho em Liverpool
"Precisamos marcar gols, mas também precisamos manter uma mentalidade defensiva porque se dermos a eles mais um gol, nossa vida fica ainda mais difícil. Precisamos achar um equilíbrio amanhã. Tenho certeza de que o estudo antes do jogo será bem feito e teremos mais uma noite para recordar," disse o brasileiro ao site oficial do Liverpool.

Lucas também falou sobre o novo companheiro de quipe, Philippe Coutinho, que fez sua estreia como titular no último fim de semana e deixou sua marca na goleada de 5 a 0 sobre o Swansea.

"Ele é um jogador muito talentoso, ainda muito jovem, mas com muita bagagem. Deixou o Brasil quando tinha só 18 anos e jogou algumas temporadas na Itália e na Espanha. Nós podemos esperar coisas boas dele, mas primeiro ele tem que ter tempo para se adaptar a Premier League e ao ritmo do jogo aqui.

"Na partida com o Swansea pudemos ver muitas coisas positivas sobre ele; o gol apenas dá mais confiança para ele continuar. Espero que ele tenha uma adaptação rápida e comece a jogar bem pelo time."

Perguntado sobre a sua condição, Lucas disse já estar quase 100%. O volante, um dos principais jogadores do elenco dos Reds, ficou quase um ano afastado dos gramados depois de sofrer uma grave lesão no joelho e ter uma recaída logo no princípio da temporada.

"Estou perto de voltar ao meu melhor. São três ou quatro meses desde a minha última lesão. Ainda tem algumas coisas que eu posso melhorar, mas estou perto de onde quero estar. Os jogos estão me ajudand a voltar ao normal."

Por fim, o brasileiro elogiou o capitão do Liverpool, Steven Gerrard.

"Jogo com ele há seis anos e toda semana podemos ver que o Stevie ainda tem muita gana pela vitória e por ser o jogador especial que sempre foi pelo clube. Ele joga em uma posição diferente hoje do que há alguns anos, e ainda consegue mudar a cara de qualquer partida. Fico muito feliz de tê-lo como companheiro de equipe - sua liderança sempre faz a nossa vida mais fácil," encerrou.

Relacionados