thumbnail Olá,

Capitão diz que, com o time em má forma, é normal que a culpa recaia sobre o treinador

John Terry defendeu o direito dos torcedores do Chelsea de vaiar Rafael Benítez se o time continuar atuando mal.

O ex-técnico do Liverpool, agora interino dos Blues, é constantemente alvo da revolta bastante vocal dos torcedores, desde o seu primeiro jogo, contra o Manchester City, em novembro.

Desde sua chegada, o Chelsea aumentou a desvantagem para o líder da Premier League, Manchester United, para 16 pontos, e Terry disse que esta má forma deve acabar se o time quiser evitar as críticas das arquibancadas.

"Isso recai obre nós porque se você estiver ganhando seus jogos, isso acaba. Se estiver perdendo, a pressão fica em cima do técnico. Ele tem que assumir a responsabilidade porque é ele quem escolhe o time. Então se o time não ganhar, naturalmente, como acontece com todo técnico, a culpa recai sobre ele, infelizmente.

"Os torcedores gastam dinheiro e estão no seu direito de falar o que pensam. Tudo o que nós podemos fazer é concentrar no trabalho e tentar ganhar. Se fizermos isso, rapidamente as críticas somem. Ganhamos do Brentford e eu não ouvi quase nada - some. Os torcedores tem uma opinião, os jogadores também, mas no final o mais importante é só ganhar," declarou o capitão ao The Independent.

Relacionados