thumbnail Olá,

O craque francês falou sobre o episódio da última quarta-feira, quando um torcedor do Bayern de Munique entrou no vestiário do time e foi posto para fora por seguranças.

 

Franck Ribery afirmou que não se sentiu ameaçado quando um torcedor entrou no vestiário, na última quarta-feira, mas admitiu que as coisas poderiam ter sido diferentes se ele carregasse consigo uma arma.

O homem em questão chegou aos vestiários dizendo ser um amigo do francês. Quando Ribery se negou a falar com ele, dizendo desconhecê-lo, os seguranças o colocaram para fora.

"Eu fui para o vestiário após o treino e vi um homem sentado no meu lugar. Perguntei o que ele estava fazendo lá e ele disse que queria falar comigo", explicou Ribery ao jornal L'Equipe. "Ele parecia perturbado, mas não me sinti ameaçado. Eu não estava com medo na hora, mas foi um choque. Ele não era um cara mau, mas só de pensar que poderia o que poderia ter acontecido se ele estivesse com uma faca ... "

Acredita-se que o desconhecido tenha visitado o campo de treinamentos do Bayern há duas semanas, junto de um cão.

 

 

Relacionados