thumbnail Olá,

Técnico do Manchester United afirma que seu ex-jogador é melhor do que todos os craques que passaram pelo Real na época dos Galácticos - até mesmo Zidane

Sir Alex Ferguson acredita que Cristiano Ronaldo é mais talentoso do que a lenda madridista e três vezes vencedor do Ballon D'Or, Zinedine Zidane. O técnico do Manchester United falou sobre o reencontro com seu ex-comandado às vésperas do duelo entre os Red Devils e o Real Madrid pela Champions League.

O português tornou-se o jogador mais caro do mundo quando trocou Old Trafford pelo Santiago Bernabéu em 2009 por 94 milhões de euros, depois de faturar o Ballon D'Or, prêmio que coroou anos de uma carreira brilhante com a camisa do time inglês.

E, ao mesmo tempo em que Ferguson espera que seu antigo protegido não apronte diante dos líderes da Premier League para não prejudicar seu progresso na Europa, ele acha que as habilidades do atacante superam as do famoso e lendário Zizou.

"Florentino Perez teve todos os 'Galácticos' no Real Madrid quando foi presidente da primeira vez. Ele teve Figo, Zidane, Roberto Carlos, Raúl. Mas eu acho que nenhum deles foi tão bom quanto Ronaldo. Zidane era um jogador fantástico, Figo era incrível. Mas nenhum deles era tão bom quanto Ronaldo. Então penso que o time de Mourinho ainda está vivendo à altura da fama de que o Real sempre tem os melhores jogadores. Ronaldo bateu todos os recordes lá. Bateu Di Stéfano, Puskas, Hugo Sanchéz. Então, obviamente, ele tem seu nome escrito na história deles.

"Você tem que admitir que ele é crucial para tudo que eles fazem - 179 gols em 178 jogos diz tudo. Eu acho que talvez eu precise chantageá-lo. Talvez eu precise ameaçar contar umas verdades sobre ele! É um jogador fantástico. Eu sabia que ele iria melhorar muito ainda, ainda era jovem quando saiu daqui," declarou o treinador.

Sir Alex afirma que a dedicação de Ronaldo aos treinos aliada ao seu talento é o que faz ele estar um passo à frente de todos os outros atletas, e ainda sugerou que o valor recorde pago por ele pelo clube merengue foi uma pechincha.

"Ele praicava meia hora todos os dias depois do horário. Era uma rota para se tornar um jogador completo. Quanto mais você pratica, melhor você fica, e isso se tornou um hábito para ele. Eu disse aos caras lá em cima [os Glazers, donos do Manchester United]. Deveríamos ter cobrado 175 milhões por ele; provavelmente o Real teria pago," afirmou.

Mas, apesar de sua clara admiração pela estrela do Real, Ferguson não acredita que jamais terá meios de levar o jogador de volta à Manchester.

"Você está falando de centenas de milhões de euros. Não tem como," finalizou.

Relacionados