thumbnail Olá,
Polícia de Singapura pede provas sobre o caso de apostas ilegais

Polícia de Singapura pede provas sobre o caso de apostas ilegais

Getty

A polícia de Singapura quer provas para prender os responsáveis pelo esquema fraudulento de apostas baseado em resultados combinados

A polícia de Singapura disse nesta quinta-feira que quer provas para prender os responsáveis pelo esquema de apostas baseado em resultados combinados em jogos de futebol na Europa e em outras partes do mundo. 

Em um comunicado, a polícia disse que procurava obter mais informação junto da Europol e que estava trabalhando com autoridades de vários países.

"A manipulação de resultados é um problema global complexo, que só pode ser efetivamente erradicado se todos os países trabalharem em conjunto para combater o flagelo".

Singapura tem sido apontada como sendo o centro da manipulação dos resultados dos jogos de futebol internacionais, com operações iniciadas na década de 90 na Europa, após o esquema fraudulento ter sido realizado na liga local e na Malásia. De acordo com a investigação da Europol, cerca de 680 partidas de futebol foram manipuladas em todo o mundo.

Segundo a polícia de Singapura, que está trabalhando em conjunto com a Europol, autoridades forneceram informações sobre um suspeito procurado em Roma, com o nome de Dan Tan Seet Eng.
 
"As autoridades em Singapura estão a assistindo as autoridades italianas através da Interpol nas suas investigações sobre um esquema internacional de manipulação de resultados que supostamente envolve um cidadão de Singapura, Dan Tan Seet Eng".

Acredita-se que Wilson Raj Perumal, também de Singapura e que alega ser antigo parceiro de Dan Tan no esquema fraudulento, terá sido o informante na investigação europeia que levou ao escândalo no futebol italiano em 2011.

Relacionados