thumbnail Olá,

Crise no clube português levou a pedido de demissão em massa de todos os membros da junta diretora. Nova eleição acontecerá em março

A crise no Sporting ganhou contornos ainda mais dramáticos nesta quarta-feira. A diretoria inteira do clube anunciou a decisão de renunciar aos seus cargos depois de dois anos à frente do clube português. Membros da Assembléia Geral, do Conselho Diretivo e do Conselho Fiscal anunciaram o pedido de demissão coletiva.

Uma das equipes mas tradicionais do país, o Sporting já há alguns anos não consegue competir com o gigantes Porto e Benfica. Na atual temporada, o time está 26 pontos atrás dos Dragões. Jesualdo Ferreira, atual treinador, já é o quinto a assumir cargo somente na gestão do presidente Godinho Lopes. Uma nova eleição acontecerá no dia 23 de março.

"Os titulares dos órgãos sociais do Sporting Club de Portugal estiveram reunidos em plenário em 4 de fevereiro de 2013. Nesta reunião, entenderam renuncir ao mandato para o qual foram eleitos no dia 6 do corrente, dando lugar a uma Assembléia Geral Eleitoral no dia 23 de março. Os órgãos sociais manterão as funções até a tomada de posse dos eleitos e apelam a todos os sportinguistas que apoiem incondicionalmente os atletas, das variadas modalidades, neste período da vida do clube," informou a nota oficial divulgada.

A última vez em que o Sporting conquistou o Campeonato Português foi em 2002. No ano passado, o time encerrou a temporada 36 pontos atrás do campeão Porto.

Relacionados