thumbnail Olá,

Inaki Badiola diz que, durante sua gestão, descobriu pagamentos a suplementos ilegais, passíveis pelo doping.

O ex-presidente do Real Sociedad afirmou que o clube comprou substâncias proibidas durante 2001 e 2007. Inaki Badiola, que estava no comando do clube no ano de 2008, disse ao jornal AS que descobriu pagamentos a “produtos de doping”.

"Em 2008, nosso conselho informou que, nas últimas seis temporadas, pelo menos, o conselho tinha dado dinheiro à equipe para comprar medicamentos ou produtos que, naquele momento, foram catalogadas como produtos dopantes", explicou ele ao jornal.

Badiola afirmou que tem arquivos que provam seu discurso, além de um e-mail solicitando o pagamento de produtos dopantes. Apesar disso, o atual presidente da LFP, José Luis Astiazaran, que durante todo esse período foi presidente do clube, negou absolutamente todas as acusações.

"Durante o período do meu mandato como presidente da Real Sociedad, eu nunca tive qualquer conhecimento ou suspeita de que práticas ilegais estavam sendo realizadas com relação aos serviços médicos, que sempre foram feitos com ética máxima e profissionalismo", ele divulgou em nota oficial.

Badiola não quis comentar a nota de Astiazaran, que chamou suas acusações de “totalmente falsas”.

Relacionados