thumbnail Olá,

Segundo Galliani, o clube italiano gostaria de ter Kaká novamente, mas o preço exigido pelo Real Madrid era inviável

Adriano Galliani, diretor executivo do Milan, revelou o porquê do clube não ter assinado com Kaká durante a janela de transferências de janeiro: o alto valor exigido pelo Real Madrid.

O brasileiro, que foi a grande estrela do Milan por seis anos, chegando a ganhar a Bola de Ouro em 2007, não mostrou o mesmo nível de atuação no time espanhol, mas ainda contava com a confiança do clube italiano. Porém, em entrevista ao jornal Corriere dello Sport, Galliani afirmou que Kaká é um capítulo encerrado.

Segundo o dirigente, o atual clube do atleta pediu uma quantia absurda para permitir seu retorno ao Milan. "O Real Madrid pediu cerca de € 18 milhões por ele. Contando também com a sua idade e as demandas de salário, a transferência se tornou inconcebível", disse.

O Real Madrid pagou ao time italiano cerca de € 68 milhões por Kaká, no início da temporada 2009/2010. Sem conseguir retomar os direitos sobre o brasileiro, o Milan investiu € 16,5 milhões em Ballotelli, ex-Manchester City.

Relacionados