thumbnail Olá,

Embora o Real Madrid já tenha tido cinco jogadores expulsos nos últimos seis jogos, o auxiliar técnico Aitor Karanka diz que os atletas não são agressivos.

O auxiliar técnico do Real Madrid, Aitor Karanka, rejeitou as alegações de que os jogadores do Real Madrid possuem uma abordagem agressiva dentro de campo, depois das expulsões de Fábio Coentrão e Dí Maria, no empate em 1-1 com o Valência, na noite de quarta-feira (23), pela Copa do Rei.

Desde a pausa para o inverno europeu, Los Blancos já viram cinco de seus atletas serem postos para fora de campo. Anteriores a Coentrão e Dí Maria, foram também avermelhados Antonio Adan, Sergio Ramos e Kaká. E, apesar, do alto número de punições em tão pouco tempo, o auxiliar técnico de 39 anos insiste que a arbitragem tem sido injusta com eles.

"Nós não temos jogadores agressivos. As imagens estão aí para todos verem. Você só tem que vê-las e chegar à conclusão certa", argumentou Karanka durante a entrevista coletiva após o jogo. "A maior parte da partida foi jogada sem agressão e ainda tivemos Coentrão e Di Maria expulsos. Pessoas que assistiam ao jogo viram que tivemos dois jogadores expulsos e se surpreenderam...”.

Com o empate, o Real Madrid se classificou para a semifinal da Copa do Rei e espera o vencedor de Málaga e Barcelona.

Relacionados