thumbnail Olá,

Técnico do Arsenal revelou que espanhol o questionou várias vezes sobre a Premier League com intuito de assumir uma equipe inglesa

O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, se disse 'surpreso' com a decisão de Guardiola de assumir o Bayern de Munique.

O ex-treinador do Barcelona irá substituir Jupp Heynckes na Allianz Arena a partir da próxima temporada, quando o alemão irá se aposentar, e Wenger afirmou que o espanhol o havia questionado sobre a Premier League pensando em uma transferência para a Inglaterra.

"Ele me perguntou algumas vezes sobre a Premier League e me disse que gostaria de vir para a Inglaterra, então estou um pouco surpreso por ele ter escolhido o Bayern. Mas, sinceramente, o Bayern de Munique é um time muito interessante. A liga alemã é muito interessante, muito bem organizada. Faz sentido a escolha dele, o futebol de amanhã será jogado na Alemanha, com certeza," disse o francês.

Guardiola foi fortemente associado ao Chelsea, com Roman Abramovich declaradamente contratando Rafa Benítez como 'interno' em Stamford Bridge, já pensando em trazer Guardiola para assumir a equipe em julho.

Wenger admitiu que sente-se solidário à situação de Benítez nos rivais londrinos, mas insiste que não terá nenhuma simpatia pelo espanhol quando os dois times se enfrentarem no sábado.

"Tenho simpatia por todos os treinadores até o dia em que tenho que enfrentá-los. Estranhamente a simpatia vai e depois volta quando o jogo acaba, às vezes não exatamente logo depois, mas um tempo mais tarde. Estamos todos na mesma posição. Vocês sabem que temos um emprego frágil e confiança é muito importante, mas é um trabalho onde primeiro você tem que se preocupar com o seu próprio time. Acho que é sempre mais intenso quando dois times brigam pelo campeonato, e no momento nenhum dos dois estão brigando, então para a imprensa é mais tranquilo. Para nós, é um jogo importantíssimo," disse.

Relacionados