thumbnail Olá,

Di María garantiu que nada mudou e que continua a trabalhar com o mesmo empenho que antes. As declarações foram feitas após o José Mourino colocar o argentino no banco

Um dos jogadores do platel do Real Madrid, o argentino Di María garantiu que nada mudou e que continua a trabalhar com o mesmo empenho que antes. As declarações foram feitas após o treinador colocar o argentino na reserva.

"O treinador e que decide. Não, Mourinho não me deu explicações, não falou comigo. Mas também já não fazia quando jogava, não tem de o fazer agora que não jogo. Ele fala com os jogadores quando e se quiser. Decidiu que tenho de ir para o banco e para mim perfeito, tenho de aceitar. Estou trabalhando para tentar voltar ao onze", afirmou.

Di María também se juntou aos que defendem a continuidade de Cristiano Ronaldo no clube merengue.

"Cada um sabe de si, mas a verdade é que ele faz falta, é um jogador muito importante para o Real e precisamos dele. Fez tudo bem para que renovem contrato. Contra o Osasuna não esteve e notou-se", concluiu.

Relacionados