thumbnail Olá,

Técnico diz compreender o sentimento de alguns atletas, como John Terry, em relação a possível saída do meia, mas pediu seriedade em campo

Rafael Benítez pediu aos seus comandados no Chelsea que se mantenham profissionais diante da incerteza em relação ao futuro de Frank Lampard, que pode deixar o clube em julho, temendo que a situação possa distrair os jogadores das próximas partidas.

O apelo se segue ao comentário feito por John Terry nas redes sociais, pedindo ao Chelsea que aposentasse a camisa número 8 em homenagem a Lampard. Segundo a imprensa britânica, o meia já foi informado pelo clube que seu contrato, que termina ao fim da atual temporada, não será renovado.

Benítez falou sobre sua surpresa com a reação de Terry.

"Ninguém estava falando sobre isso, estávamos apenas nos concentrando no trabalho. É claro que cada um deles terá um sentimento, mas, ao mesmo tempo, precisam aprender a controlar isso como profissionais dentro de campo. Eu não sabia sobre a mensagem. Fiquei surpreso quando me contaram, mas é isso. Sabemos que teremos de lidar com o caso," disse o espanhol aos repórteres.

Lampard está com 34 anos e na sua 12ª temporada no Stamford Bridge desde ser comprado junto ao West Ham, em 2001, antes mesmo do russo Roman Abramovich comprar o Chelsea. Ele tem 577 partidas pelos Blues em todas as competições, tendo marcado 192 gols e dado 130 assistências.

Entretanto, oportunidades futuras parecem estar abertas ao meia, que tem propostas de outros países.

Relacionados